Welcome To My Blogger
O Blogger "Somos Físicos" aborda assuntos diversos relacionados a Ciência, Cultura e lazer.Todas as postagens são pesquisas coletadas na internet.

Welcome To My Blogger

quarta-feira, 25 de março de 2015

Um Louco Amor II - Heroína (Ciência e Vida)

        Kurt Cobain era viciado em heroína.
Antes de cometer suicídio em 1994 Kurt Cobain, vocalista e guitarrista da banda Nirvana, deixou uma carta de despedida. No texto, ele narra sua solidão e problemas de relacionamento possivelmente causados por excesso de drogas e álcool. A tal carta veio à tona logo após sua morte e chegou a ser lida em um programa de TV pela viúva do músico, Courtney Love. 

Para Boddah
Falo como um simplório homem com experiência que obviamente preferia ser uma criança castrada e reclamona. Este bilhete deve ser bastante fácil de entender. Todas as advertências das aulas de Introdução ao Punk Rock ao longo dos anos, desde minha apresentação à, digamos, ética envolvida na independência e o acolhimento de sua comunidade, se provaram verdadeiras. Eu não tenho sentido a excitação de ouvir, bem como criar música, juntamente com a leitura e a escrita, faz muitos anos. Eu me sinto culpado por essas coisas além do que posso expressar em palavras
A cópia da carta de que a viúva de Kurt, Courtney Love, apresentou após suas morte (Foto: Reprodução)Por exemplo, quando estamos atrás do palco e as luzes se apagam, e o ruído ensandecido da multidão começa, isso não me afeta do jeito que afetava Freddie Mercury, que parecia amar, se deliciar com o amor e adoração da multidão, que é algo que eu admiro e invejo totalmente. A verdade é que não consigo enganar vocês, nenhum de vocês. Simplesmente não é justo nem com vocês nem comigo. O pior crime que posso imaginar seria enganar as pessoas sendo falso e fingindo como se eu estivesse me divertindo 100%. Às vezes eu sinto como se eu tivesse que bater o cartão de ponto antes de subir ao palco. Eu tentei tudo ao meu alcance para gostar disso (e eu tento, por Deus, acreditem em mim, eu tento, mas não é o suficiente). Eu gosto do fato que eu e nós atingimos e dirvertimos um monte de gente. Devo ser um daqueles narcisistas que só dão valor as coisas quando elas se vão. Sou muito sensível. Preciso ficar um pouco dormente para ter de volta o entusiasmo que eu tinha quando criança.
Nas nossas últimas três turnês, eu tive um apreço muito maior por todas as pessoas que conheci pessoalmente e pelos fãs de nossa música, mas eu ainda não consigo superar a frustração, a culpa e a empatia que eu tenho por todos. Existem coisas boas dentro de todos nós. Eu acho que simplesmente amo demais as pessoas e isso me deixa muito triste. O pequeno, sensível, insatisfeito, pisciano, Jesus triste. “E por que você simplesmente não aproveita?” Eu não sei.
Eu tenho uma deusa como esposa que transpira ambição e empatia e uma filha que me lembra demais como eu costumava ser, cheia de amor e alegria, beijando cada pessoas que ela encontra porque todos são bons e ninguém a fará mal nenhum. E isso me apavora ao ponto de eu mal conseguir funcionar. Eu não posso suportar a idéia de Frances se tornar um triste, autodestrutivo, e mortal roqueiro, como eu virei.
Eu tive muito, muito mesmo, e eu sou grato por isso, mas desde os sete anos, passei a ter ódio de todos os humanos em geral. Apenas porque parece tão fácil para as pessoas que tem empatia se darem bem. Apenas porque eu amo e lamento demais pelas pessoas, eu acho.
Obrigado do fundo do meu ardente e nauseado estômago por suas cartas e preocupação nestes últimos anos. Eu sou um bebê errático e triste! Eu não tenho mais a paixão, e por isso lembre-se, é melhor queimar de vez do que se apagar aos poucos.
Paz, amor, empatia.
Kurt Cobain








Heroína
É produzida a partir de uma modificação química da morfina, que deriva do ópio.

A heroína determina dependência física e psíquica, isto é, a sua retirada vai determinar a "síndrome de abstinência".
A droga é totalmente clandestina, não tendo nenhuma aplicação médica nos dias de hoje, pois os Estados Unidos proibiram sua importação.
É usada pelas narinas, ou por meio de injeções.
A droga exige adição, isto é, o viciado, para obter os mesmos efeitos,vai necessitar, cada vez, de doses maiores, em intervalos menores.
As manifestações físicas provocadas pela falta da heroína são náuseas, vômitos, pupilas dilatadas, sensibilidade à luz, elevação da pressão sanguínea e da temperatura, dores em todo o corpo, insônia, crises de choro, tremores e diarréia. A dependência física é grande, isto é, o corpo passa a necessitar da droga para o seu funcionamento celular normal.
Provoca um estado de torpor e calmaria, fundindo fantasia e realidade. Pode causar surdez, cegueira, delírios, depressão respiratória e cardíaca, podendo levar ao coma.

Usuários de heroína em Cali, Colômbia, em 3 de abril (Luis Robayo/AFP)

Os efeitos da heroína 

01  Imita a química natural do sistema nervoso, assemelhando-se à endomorfina (neurotransmissor)
02 A overdose da heroína pode provocar lesão cerebral
03 Aumenta a sensação de bem-estar
04 Estimula as células nervosas
05 Provoca intensa euforia
06 Provoca sono
07 Resulta em sonhos intensos
08 Gera sensação de paz e de fuga da realidade
09 Provoca reações alérgicas na pele, com coceira
10 Produz efeitos tranqüilizantes
11 Provoca bradicardia
12 Diminui a freqüência respiratória
13 Provoca queda da pressão sanguínea
14 Relaxa os músculos
15 Provoca lentidão nos reflexos
16 Provoca dificuldades na fala
17 Resulta em contração das pupilas
18 Provoca rubor nas faces
19 Diminui a libido e as relações sexuais se tornam raras
20 Gera dificuldade na ereção
21 Resulta em desorganização da vida escolar, familiar, afetiva e no trabalho
22 Gera o descuido com a higiene e a aparência
23 Provoca a diminuição da auto-estima


A cantora Janis Joplin morreu aos 27 anos em Los Angeles, Estados Unidos, vítima de uma overdose de heroína combinada com álcool. Dos quatro rockeiros notáveis que morreram aos 27 anos (incluindo Hendrix, Brian Jones e Morrison - na foto 15), a morte de Janis foi a única que não gerou controvérsias e teorias mirabolantes.

3.jul.1971 - Vocalista da banda The Doors, Jim Morrison foi o 4º rockstar a morrer aos 27 anos (anteriormente, Brian Jones, Jimi Hendrix e Janis Joplin haviam morrido com a mesma idade). A princípio, especulou-se que a morte de Morrison foi causada por uma overdose de heroína. Como não foi feita uma autópsia no corpo do cantor, a causa exata ainda é tema de controvérsia.
En Mayo de 1969, Jimi Hendrix fue detenido en el aeropuerto de Toronto por llevar heroína oculta en el estuche de una guitarra. Iba acompañado de una mujer Numa segunda-feira, dia 18, morre o guitarrista Jimmy Hendrix, aos 27 anos, vitima de uma overdose de heroina. Para muitos foi o maior músico da história do .

O caso mais recente de overdose aconteceu no dia 2, em Nova York.
 A vítima: o ator Philip Seymour Hoffman, de 42 anos. A droga: heroína
A autópsia de Cory Monteith revelou uma combinação de álcool e heroína em seu sangue. 
O ator da série Glee morreu ano passado, aos 31
http://www.antidrogas.com.br/heroina.php
http://epoca.globo.com/colunas-e-blogs/bruno-astuto/noticia/2015/01/carta-de-suicidio-de-bkurt-cobainb-na-integra-e-com-grafia-original-vira-camiseta-sucesso-de-vendas.html

2 comentários:

  1. Infelismente a Droga não escolhe vítimas. Não escolhe classes sociais. Quantas vidas poderiam ter sido poupadas sem a existência delas. Quantos shows a mais poderiam fazer esses exelentes artistas que se perderam na iluzão da Droga. Que Deus possa iluminar as mentes de quem possa agir em favor do banimento desta destruidora de vidas. Que o ser humano evite com convicção essa auto-destruição.

    ResponderExcluir
  2. Infelismente a Droga não escolhe vítimas. Não escolhe classes sociais. Quantas vidas poderiam ter sido poupadas sem a existência delas. Quantos shows a mais poderiam fazer esses exelentes artistas que se perderam na iluzão da Droga. Que Deus possa iluminar as mentes de quem possa agir em favor do banimento desta destruidora de vidas. Que o ser humano evite com convicção essa auto-destruição.

    ResponderExcluir

AGRADEÇO SUA VISITA.
VOLTE SEMPRE.