Welcome To My Blogger
O Blogger "Somos Físicos" aborda assuntos diversos relacionados a Ciência, Cultura e lazer.Todas as postagens são pesquisas coletadas na internet.

Welcome To My Blogger

terça-feira, 24 de março de 2015

Um Louco Amor I - Cocaína (Ciência e Vida)


Um louco amor

Quando à conheci tinha 16 anos. Nós fomos apresentados em uma festa, por uma pessoa que se dizia ser meu amigo.

Foi amor a primeira vista. Ela me enlouquecia. Nosso amor chegou a um ponto que eu não conseguia viver sem ela. Mas era um amor proibido. Meus pais não a aceitavam.

Fui repreendido na escola e passamos e nos encontrar às escondidas. Mas eu não agüentava mais, estava louco. Eu a queria, mas não a tinha. Eu não podia permitir que me separassem dela.

Eu a amava. Por ela, bati o carro quebrei tudo dentro de casa e quase matei minha irmã. Estava louco, precisava dela. Hoje tenho 39 anos; eu estou internado em um hospital, eu sou inútil e vou morrer abandonado por meus pais, meus amigos e....por ela.
Querem saber seu nome?
Cocaína A ela eu devo meu amor, minha vida, minha destruição e minha morte.

Freddie Mercury


Este texto foi escrito por ele pouco antes de sua morte por AIDS em 1991
Farokh Bulsara nasceu em 5 de Setembro de 1946, na ilha de Zanzibar.
Faleceu em 24 de Novembro de 1991 em sua casa, Londres.
Original em espanhol traduzido pelo Geraldo Rosa

Cocaína
Resultado de imagem para cocaina
A cocaína causa uma intensa e rápida euforia que é seguida imediatamente pelo oposto – uma intensa depressão, tensão e avidez por mais droga. As pessoas que a consomem não comem nem dormem adequadamente. Elas podem sofrer uma frequência cardíaca muito elevada, espasmos musculares e convulsões. A droga pode fazer a pessoa sentir–se paranoica,1 zangada, hostil e ansiosa, mesmo quando a pessoa não está eufórica.
Não obstante a quantidade ou frequência do consumo da droga, a cocaína aumenta o risco do consumidor de sofrer de ataque cardíaco, acidente vascular cerebral, convulsões ou falha respiratória, podendo qualquer um destes causar morte súbita.
Vitimas da droga
Quais são os efeitos da cocaína a longo prazo?
A palavra “agarrado” foi inventada há muitos anos para descrever os efeitos colaterais negativos do uso constante da cocaína. À medida que a tolerância à droga aumenta, torna–se necessário usar cada vez quantidades maiores para conseguir a mesma euforia. O uso diário prolongado causa perda de sono e de apetite. Uma pessoa pode tornar–se psicótica e começar a ter alucinações.
Como a cocaína interfere na maneira como o cérebro processa os produtos químicos, uma pessoa precisa de cada vez mais droga para se sentir “normal”. As pessoas que se tornam viciadas em cocaína (assim como pela maioria das outras drogas) perdem o interesse nas outras áreas da vida.
Reduzir a droga causa uma depressão tão severa que a pessoa fará quase tudo para conseguir a droga – até mesmo cometer assassinato.
E se não conseguir a cocaína, a depressão pode tornar–se tão intensa que pode levar o toxicodependente ao suicídio.
Lindsay Lohan 
 Britney Spears
 Macaulay Culkin
Amy Winehouse
Drew Barrymore
Efeitos a curto prazo
  • Perda de apetite
  • Aumento do batimento cardíaco, pressão sanguínea, temperatura corporal
  • Contração dos vasos sanguíneos periféricos
  • Aumento da velocidade respiratória
  • Pupilas dilatadas
  • Padrões de sono perturbados
  • Náusea
  • Hiperestimulação
  • Comportamento bizarro, instável, por vezes violento
  • Alucinações, hiperexcitabilidade, irritabilidade
  • Alucinações tácteis que criam a ilusão de insetos a rastejar por baixo da pele
  • Euforia intensa
  • Ansiedade e paranoia
  • Depressão
  • Ânsia intensa pela droga
  • Pânico e psicose
  • Doses excessivas (mesmo que seja apenas uma vez) podem causar convulsões, derrames vasculares cerebrais e morte repentina.
  • Efeitos a longo prazo
    • Danos irreversíveis nos vasos sanguíneos coronários e cerebrais
    • Tensão arterial elevada que causa ataques cardíacos, derrames vasculares cerebrais e morte
    • Danos no fígado, rins e pulmões
    • Destruição dos tecidos nasais se inalada
    • Falhas respiratórias se fumada
    • Doenças infecciosas e abcessos se injectada
    • Má–nutrição, perda de peso
    • Decadência dentária severa
    • Alucinações auditivas e tácteis
    • Disfunções sexuais, danos reprodutivos e infertilidade (tanto no homem como na mulher)
    • Desorientação, apatia, confusão e exaustão
    • Irritabilidade e perturbações de humor
    • Aumento da frequência do comportamento de risco
    • Delírio ou psicose
    • Depressão severa
    • Tolerância e dependência (mesmo quando consumida apenas uma vez)
    “Não toque na cocaína. Passei dois anos na cadeia por causa desta droga. E quando saí, a vida era tão difícil que comecei a consumir a droga outra vez. Conheço 10 mulheres que se tornaram prostitutas por causa da cocaína. É muito mais extrema e degradante do que acreditamos. Na altura não nos damos conta até que ponto nos destrói.” – Shawn
  • http://br.drugfreeworld.org/drugfacts/cocaine/effects-of-cocaine.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AGRADEÇO SUA VISITA.
VOLTE SEMPRE.