Welcome To My Blogger
O Blogger "Somos Físicos" aborda assuntos diversos relacionados a Ciência, Cultura e lazer.Todas as postagens são pesquisas e coletadas na internet.

Welcome To My Blogger

terça-feira, 5 de agosto de 2014

SISTEMAS GASOSOS(ENEM)

Máquina a vapor
A termodinâmica estuda as relações entre calor, trabalho e outras formas de transformações de energia. Essa área foi valorizada durante a primeira Guerra mundial dando origem às primeiras máquinas à vapor.
O estado gasoso é o estado fluido da matéria, para estudar esse estado físico precisamos levar em consideração as seguintes grandezas: temperatura (T), pressão (P), volume (V).
Moléculas com grande mobilidade: o aumento da temperatura do sistema faz a energia cinética das moléculas gasosas aumentar, ou seja, as moléculas gasosas são agitadas e por isso são mais afastadas umas das outras comparadas com os líquidos e sólidos, veja no desenho abaixo:

Sistemas: sem forma ou volumes fixos; os sistemas formados por gases apresentam a forma e o volume do recipiente. Por exemplo, se o recipiente for no formato de um cilindro, o gás terá essa forma, veja no desenho abaixo:

Grande compressibilidade: as moléculas gasosas podem ser comprimidas aumentando-se a pressão sobre o sistema, nesse caso entra a famosa frase "dois corpos não ocupam o mesmo espaço", se elas tiverem para onde "escapar", podem até ser substituidas, mas quando elas estão, por exemplo, em um recipiente e nao tem por onde sair, não tem como colocar algo dentro dele se não retirar as moléculas, porém como elas são muito afastadas, ao serem comprimidas elas ficam mais próximas, consequentemente aumentam a pressão entre si como dito acima, veja a imagem:

Compostos moleculares: com exceção dos gases nobres (Hélio - He; Néon - Ne; Árgon - Ar; Crípton - Kr; Xenônio - Xe; Rádon - Rn; Ununóctio - Uuo), os sistemas gasosos são formados por moléculas cujos átomos se unem por ligações covalentes, ou seja, é o compartilhamento de um ou mais elétrons entre átomos, como na figura abaixo:

São miscíveis entre si: sempre se misturam entre si em quaisquer proporções, formando sistemas homogênios, ou seja, os gases estão misturados na atmosfera sem distinção, não tem como saber qual é qual sem um equipamento específico, pois não tem forma e cor, por exmeplo no ar, temos oxigênio, nitrogênio e outros, mas você não os identifica, assim:
Um gás pode passar por três transformações distintas: isobárica, isovolumétrica ou isotérmica. Vejamos por que:


Transformação isobárica: acontece quando a pressão é constante e o volume e a temperatura variam.



Se aumentarmos a temperatura de um gás e mantivermos constante sua pressão, observaremos um aumento do volume ocupado pelo gás

Essa relação representa a Lei de Charles Gay-Lussac, este nome é uma homenagem aos fundadores desta lei: os químicos franceses Jacques A. César Charles (1746-1823), e Joseph Gay-Lussac (1778-1850).


Transformação isovolumétrica: nesse caso o volume permanece constante e a pressão e temperatura é que variam. Um aumento na temperatura de um gás influi no aumento da pressão por ele exercida, de forma que o quociente seja constante.

Transformação isotérmica: a temperatura permanece constante e as variáveis são a pressão e o volume.


Quando aumentamos a pressão sobre um gás, o volume ocupado por ele diminui, o que faz com que o produto dessas grandezas seja constante: PV=K.
K= constante



Essa transformação foi observada de forma experimental pelo químico Robert Boyle (1627-1691) e ficou conhecida como Lei de Boyle. 



A partir das equações relacionadas acima, que relatam as três transformações gasosas, é que se chegou à equação que aborda as três variáveis de estado (P, V e T)

http://trabalho-quimica.zip.net/arch2011-03-20_2011-03-26.html
http://www.brasilescola.com/quimica/transformacoes-gasosas.htm
http://www.ferasnamateria.com.br/2014/06/trabalho-em-sistemas-gasosos-termodinamica.html

2 comentários:

AGRADEÇO SUA VISITA.
VOLTE SEMPRE.