Welcome To My Blogger
O Blogger "Somos Físicos" aborda assuntos diversos relacionados a Ciência, Cultura e lazer.Todas as postagens são pesquisas coletadas na internet.

Welcome To My Blogger

sábado, 30 de agosto de 2014

POLÍMEROS I (ENEM)

Polímeros são macromoléculas em que existe uma unidade que se repete, chamada monômero. O nome vem do grego: poli = muitos + meros = partes, ou seja, muitas partes. A reação que forma os polímeros é chamada de polimerização.
Para demonstrar a importância do estudo dos polímeros, basta mencionarmos que a variedade de objetos a que temos acesso hoje se deve à existência de polímeros sintéticos, como por exemplo: sacolas plásticas, para-choques de automóveis, canos para água, panelas antiaderentes, mantas, colas, tintas, chicletes, etc.
Tudo começou durante a Segunda Guerra Mundial (1939), muitos precisavam de um isolante elétrico, e então surgiu a primeira utilização de polímeros em radares militares. Os radares militares foram muito importantes durante a guerra, através deles era possível perceber a chegada dos inimigos como também situar as tropas de combate. Foi por isso que a primeira utilização dos polímeros ficou conhecida, eles isolavam a parte elétrica desses radares.

Atualmente, a importante utilização de polímeros como isolante em instalações elétricas se faz presente através dos polietilenos. Os polietilenos são polímeros de baixa densidade, de aspecto brilhante, flexível e que são facilmente moldados para encapar fios de eletricidade. Mas a utilização desse polímero não se limita apenas a esta função, conforme seu preparo são ainda empregados na fabricação de sacolas para compras, lixo e embalagens para alimentos.

Existem inúmeras formas de preparação dos polímeros e elas variam de acordo com a empregabilidade dos mesmos. Por exemplo, polímeros podem ser classificados em polímeros de adição, de condensação, depende do preparo.

A polimerização é uma reação em que as moléculas menores (monómeros) se combinam quimicamente (por valências principais) para formar moléculas longas, mais ou menos ramificadas com a mesma composição centesimal. Estes podem formar-se por reação em cadeia ou por meio de reações de poliadição ou policondensação. A polimerização pode ser reversível ou não e pode ser espontânea ou provocada (por calor ou reagentes).

Exemplo: O etileno é um gás que pode polimerizar-se por reação em cadeia, a temperatura e pressão elevadas e em presença de pequenas quantidades de oxigénio gasoso resultando uma substância sólida, o polietileno. A polimerização do etileno e outros monómeros pode efetuar-se à pressão normal e baixa temperatura mediante catalisadores. Assim, é possível obter polímeros com cadeias moleculares de estrutura muito uniforme.
Na indústria química, muitos polímeros são produzidos através de reações em cadeia. Nestas reações de polimerização, os radicais livres necessários para iniciar a reação são produzidos por um iniciador que é uma molécula capaz de formar radicais livres a temperaturas relativamente baixas. Um exemplo de um iniciador é o peróxido de benzoilo que se decompõe com facilidade em radicais fenilo. Os radicais assim formados vão atacar as moléculas do monómero dando origem à reação de polimerização.


Exemplos:Polímeros termoplásticos
PC - Policarbonato
Aplicações: Cd´s, garrafas, recipientes para filtros, componentes de interiores de aviões, coberturas translúcidas, divisórias, vitrines, etc.

PU – Poliuretano
Aplicações: Esquadrias, chapas, revestimentos, molduras, filmes, estofamento de automóveis, em móveis, isolamento térmico em roupas impermeáveis, isolamento em refrigeradores industriais e domésticos, polias e correias.
PVC - Rígido
Aplicações: Telhas translúcidas, portas sanfonadas, divisórias, persianas, perfis, tubos e conexões para esgoto e ventilação, esquadrias, molduras para teto e parede.

PS - PoliestirenoAplicações: Grades de ar condicionado, gaiútas de barcos (imitação de vidro), peças de máquinas e de automóveis, fabricação de gavetas de geladeira, brinquedos, isolante térmico, matéria prima do isopor.
PP - Polipropileno
Aplicações: Brinquedos;Recipientes para alimentos, remédios, produtos químicos; Carcaças para eletrodomésticos; Fibras; Sacarias (ráfia); Filmes orientados; Tubos para cargas de canetas esferográficas; Carpetes; Seringas de injeção; Material hospitalar esterilizável; Autopeças (pára-choques, pedais, carcaças de baterias, lanternas, ventoinhas, ventiladores, peças diversas no habitáculo); Peças para máquinas de lavar.
Polímeros termorígidos (termofixos)

Baquelite:
usada em tomadas e no embutimento de amostras metalográficas.
Poliéster:
usado em carrocerias, caixas d'água, piscinas, etc., na forma de plástico reforçado (fiberglass).
Elastômeros (borrachas)
Aplicações: pneus, vedações, mangueiras de borracha.
http://www.portalsaofrancisco.com.br/
http://www.brasilescola.com/quimica/polimeros.htm
http://www.brasilescola.com/quimica/a-invasao-dos-polimeros.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AGRADEÇO SUA VISITA.
VOLTE SEMPRE.