Welcome To My Blogger
O Blogger "Somos Físicos" aborda assuntos diversos relacionados a Ciência, Cultura e lazer.Todas as postagens são pesquisas coletadas na internet.

Welcome To My Blogger

sexta-feira, 8 de agosto de 2014

MASSA MOLECULAR (ENEM)

A fim de medir as massas relativas dos átomos e das moléculas foi escolhido um padrão, que é “um pedaço de um átomo”. Em 1962, convencionou-se então que esse padrão seria a massa do isótopo do carbono 12 (12C). Esse átomo possui 6 prótons e 6 nêutrons e tem, por definição, a massa de 12,0 u exatamente. Assim, temos a seguinte relação:
Por exemplo, temos que:
  • Massa atômica de 1 átomo de hidrogênio: 1 u.
  • Massa atômica de 1 átomo de oxigênio: 16 u.
  • Massa atômica de 1 átomo de enxofre: 32 u.
  • Massa atômica de 1 átomo de carbono: 12u.
Para entender, pense numa balança imaginária, onde se coloca em um dos pratos um átomo de flúor. Para equilibrar os pratos, seria necessário colocar no prato vazio 19 u, como mostrado abaixo. Portanto, a massa atômica do flúor é 19 u.
Balança para representar a unidade de massa atômica
1 u corresponde a 1,66054 . 10-24 g.
Esses valores são aproximados, pois na verdade o número de massa (A - que é a soma do número de prótons e de nêutrons que há no núcleo e que não tem unidade) não é a mesma coisa que a massa atômica, pois esta é determinada experimentalmente e constitui uma propriedade física do átomo, sendo sua unidade expressa por “u”.
  • Massa Atômica de um Átomo ou Isótopo (MA):
É obtida por meio da comparação com o valor de referência citado no item anterior. Por exemplo, a massa atômica do 919F é dada pelo espectrômetro de massas, que é igual a 18,9984 u. Arredondando, é igual a 19, que é o mesmo valor do número de massa (A) dele. Esse valor significa que a massa atômica do elemento 919F é 19 vezes maior que a massa de 1/12 do 12C.

  • Massa Atômica de um Elemento (MA):
A massa atômica do elemento é determinada pela média ponderada das massas atômicas dos seus isótopos. Isso é feito multiplicando-se as massas atômicas de cada isótopo pela porcentagem que aparece na constituição do elemento. Depois, somam-se esses valores, que são divididos por 100, resultando na porcentagem total.

 Calculando a massa atômica (MA) desse elemento:

MAneônio = (20 . 90,92) + (21 . 0,26) + (22 . 8,82)
                                         100
MAneônio = 20,179 u

  • Massa Molecular (MM):
Como o próprio nome diz, é usada para substâncias moleculares, ou seja, átomos ligados através de um compartilhamento de pares de elétrons, que são as denominadas ligações covalentes.
A massa molecular é conseguida multiplicando-se a quantidade de átomos de cada elemento pelas suas massas atômicas e somando-se os resultados.

Por exemplo, a molécula de CO2 contém um carbono e dois oxigênios, assim multiplicaremos a massa atômica do carbono por 1; e a do oxigênio por dois, somando-as posteriormente:
MMCO2 = (1 . MAC) + (2 . MAO)

MMCO2 = (1 . 12) + (2 . 16)

MMCO2 = 12 + 32

MMCO2 = 44 u

  • Massa–Fórmula:
É o mesmo cálculo realizado para a massa molecular, porém, para compostos iônicos. Nesse caso o nome é diferente, porque eles não estão agrupados em moléculas, mas em aglomerados de íons. Como não existem as moléculas, evidentemente não há sentido em falar em massa molecular, porém o raciocínio do cálculo é o mesmo.

Exemplo:

NaCl
↓   ↓
23 +35,5 → Massa-fórmula = 58,5 u


http://www.alunosonline.com.br/quimica/unidade-unificada-massa-atomica-u.html
http://www.brasilescola.com/quimica/massas-dos-atomos.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AGRADEÇO SUA VISITA.
VOLTE SEMPRE.