Welcome To My Blogger
O Blogger "Somos Físicos" aborda assuntos diversos relacionados a Ciência, Cultura e lazer.Todas as postagens são pesquisas e coletadas na internet.

Welcome To My Blogger

sexta-feira, 4 de abril de 2014

COMBUSTÍVEIS FÓSSEIS

Os combustíveis fósseis são fontes de energia criadas a partir da fossilização de animais e plantas. Este processo natural dura milhares de anos e é de grande importância para a organização energética do nosso planeta. Os combustíveis fósseis são compostos de carbono importantíssimos para o ciclo carbonífero, pois correspondem ao último modelo de armazenamento deste elemento na natureza.
A ORIGEM
Os combustíveis fósseis mais utilizados são: carvão mineral, petróleo e gás natural. O material orgânico decomposto por fungos e bactérias é levado pela chuva, rios e mares para as camadas profundas da crosta terrestre. Em grandes profundidades, este material organiza-se química e fisicamente na forma dos combustíveis que conhecemos: estruturas que possuem como base química o carbono.
A fossilização faz parte do ciclo geológico do carbono (ou ciclo longo), responsável por estabelecer o equilíbrio energético em nosso planeta, estocando este elemento em camadas profundas da Terra, de modo que ele não atue diretamente no efeito estufa. Os combustíveis fósseis resultam da última etapa do ciclo geológico do carbono e são responsáveis por impedir que uma quantidade excessiva desse elemento permaneça na atmosfera.
 
A UTILIDADE
Os combustíveis fósseis são utilizados como fonte de energia na indústria e no transporte. Primeiramente, o combustível mais usado foi o carvão mineral, que servia como fonte de energia nas antigas fábricas, usinas termoelétricas, ferrovias e navios a vapor. Depois vieram os derivados do petróleo, como a gasolina e o diesel, indispensáveis à indústria moderna e à expansão do transporte rodoviário. O gás natural é o combustível fóssil cujo uso é mais recente e representa, comparado às outras opções, a alternativa mais eficiente na relação consumo x poluição.      
                              
Contudo, a utilização em larga escala dos combustíveis fósseis é uma ameaça ao equilíbrio ecológico.
 A importância desta matriz energética para a manutenção produtiva da sociedade moderna é inegável, já que é a mais utilizada do planeta, tanto nas indústrias como no setor de transportes. Porém, estudos recentes mostram que o dano causado pelos resíduos da combustão destes materiais (CO2) é maior que o benefício propiciado por eles. 
Os combustíveis fósseis são fontes de energia não-renováveis, pois o processo de fossilização demora milhares de anos. Por estes motivos, há uma grande mobilização para substituir esta matriz energética por outras que causem menos impacto ao meio ambiente.
CARVÃO - O principal combustível associado com a Revolução Industrial continua sendo uma fonte de energia essencial. A produção de carvão mineral em todo o mundo cresceu 65% nos últimos 25 anos. As reservas são abundantes, e estima-se que durem pelo menos mais 164 anos - mais do que o petróleo ou o gás natural. O carvão supre 24% das necessidades primárias de energia mundiais, e é a maior fonte única para a eletricidade no planeta (40%). Mas ele também é o combustível que emite mais gases poluentes proporcionalmente, levando-se em conta a energia que produz). 
PETRÓLEO - Apesar de conhecido há muitos séculos, só começou a ser usado como combustível recentemente.Desde o desenvolvimento dos processos de refinaria e o início do boom comercial, há 150 anos, o petróleo assumiu um papel central na economia mundial. Além de ser usado para mover carros, aviões e navios, e para aquecer casas e escritórios, ele também fornece matéria-prima para plásticos, produtos químicos, fertilizantes e tecidos. Ele responde por 6,9% da geração de energia elétrica. A cotação do petróleo vem atingindo altas recordes no mercado internacional desde 2005, por causa da instabilidade em áreas onde ele é mais extraído e por sinais de que os suprimentos podem estar se esgotando. 

GÁS NATURAL - É encontrado em bolsões próprios, ou em depósitos de carvão e petróleo. Sua queima é menos poluente que a do petróleo e do carvão, pois ele produz menos dióxido de carbono que esses outros combustíveis. Sua contribuição para a demanda primária total de energia deve subir em 25% até 2030. Ele é uma importante fonte para a geração de energia e a produção industrial. O gás liquefeito e comprimido também é usado em veículos. 

eventos-01

 
COMBUSTÍVEIS FÓSSEIS E O MEIO AMBIENTE 
Os combustíveis fósseis são os principais responsáveis pelo aquecimento global. Isto se deve à desestruturação do ciclo do carbono. O carbono contido nos combustíveis fósseis só deveria retornar à superfície através de atividades sísmicas (terremotos, erupções) ocorrentes em longos intervalos temporais, mantendo a concentração do CO2 em um nível regular na atmosfera. 
 
A partir do momento em que o homem retira o combustível do local onde ele estava armazenado e utiliza-o para a produção de energia, o COoriginado da combustão destes materiais volta a agir diretamente na atmosfera e a absorção do calor solar aumenta, intensificando o efeito estufa. Um processo que levaria milhares de anos para ocorrer é drasticamente encurtado, acarretando uma série de problemas. A consequência mais grave é o aumento da temperatura no planeta - o que pode gerar uma série de disfunções geofísicas como maremotos, tempestades, derretimento da calota polar, aumento do nível dos mares, etc.

http://tosabendomais.com.br/portal/assuntos-quentes.php?secao=&idAssunto=81&idArea=3&acao=VerCompleto
http://www.bbc.co.uk/portuguese/especial/1931_energia/page2.shtml

A China é responsável por metade da queima de carvão no mundo.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

AGRADEÇO SUA VISITA.
VOLTE SEMPRE.