Welcome To My Blogger
O Blogger "Somos Físicos" aborda assuntos diversos relacionados a Ciência, Cultura e lazer.Todas as postagens são pesquisas coletadas na internet.

Welcome To My Blogger

segunda-feira, 8 de abril de 2013

MEDUSA

Pelo que me parece existem várias versões para a criação da medusa. A mais antiga é a de três irmãs górgonas (ou górgones), (EuríalaEsteno e Medusa). Segundo esta história, as irmãs possuíam cabelos de cobra, dentes de javali, asas de ouro e mãos de bronze, porém só Medusa possuía o olhar petrificante. 
A Medusa era considerada uma das divindades primordiais, das que nasceram antes do Olimpo. Outras histórias contam que Medusa era uma bela moça de cabelos negros que se apaixonou por um deus (falam de Netuno e de Zeus) e resolveu marcar seu encontro amoroso com o deus num dos templos de Minerva. Esta não gostou disso e, irada, transformou os cabelos da jovem em cobras e fez com que seu olhar petrificasse qualquer um que estivesse em seu caminho. 
A mitologia nos traz que a Medusa odeia os homens, porque foi por culpa de um amor que ela se transformara num monstro, e odeia as mulheres, porque um dia ela tinha sido a mais bonita de todas. 
O que transformou a Medusa num monstro, segundo a versão da transformação por Minerva, não foram seus cabelos ou seu olhar petrificante, mas sim a sua maldade, já que depois de transformada sua diversão era perseguir humanos e transformá-los em pedra, e essa maldade não foi Minerva que colocou nela. As versões antigas mostram Atena como umadeusa com cabelos decorados por serpentes o que nos lembra a Medusa, mas os mais recentes mostram-na como uma “inimiga” da Medusa, tanto que Perseu entrega a ela a cabeça da Medusa quando ele consegue matá-la.
 Tem um mito que diz que Perseu e sua mãe Danai (ou Danae) foram lançados ao mar numa arca e achados por um pescador que os apresentou ao rei da ilha, Polidecto (ou Polidectes). O tempo passou, Perseu cresceu e Polidecto se apaixonou por Danai. Com o intuito de afastar Perseu da ilha o rei deu a ordem dele ir atrás da Medusa, que estava causando muito medo de matá-la. 
Ele foi. E conseguiu matar a monstruosidade, arrancando sua cabeça com um golpe de espada. Quando ele foi olhar para o local onde ele havia lançado a cabeça da Medusa se surpreendeu, pois de seu sangue nascia uma espécie de cavalo (Pégaso), algumas histórias contam que do pescoço nasceu também Crisaor.
 De sua veia esquerda saía um veneno e da outra um remédio que era capaz de ressuscitar os mortos. Como já havia dito, quem escolheu ser má foi a própria Medusa já que dentro de si tinha duas poderosas substâncias. A da vida e a da morte. Ela escolheu usar a da morte, e terminou morta, como um monstro. Algumas versões nos trazem que Medusa queria disputar o amor de Zeus com Minerva, então esta, com raiva, a transformou. Dizem que Euríala simboliza o instinto sexual pervertido, Esteno a perversão social e Medusa a necessidade de crescer estagnada. 
Seus filhos são monstros. Sendo que Pégaso ajudou Belerofonte a derrotar outra monstruosidade: A Quimera. Mostra que Pégaso apesar de filho da Medusa não era assim tão malvado e monstruoso.
Encerro com Medusa. Até mais.

Leia Mais: A Caixa de Pandora: Medusa
Under Creative Commons License: Attribution Non-Commercial


Nenhum comentário:

Postar um comentário

AGRADEÇO SUA VISITA.
VOLTE SEMPRE.