Welcome To My Blogger
O Blogger "Somos Físicos" aborda assuntos diversos relacionados a Ciência, Cultura e lazer.Todas as postagens são pesquisas e coletadas na internet.

Welcome To My Blogger

terça-feira, 6 de março de 2012

FÍSICA- MUDANÇA DE ESTADO FÍSICO I(TERMOLOGIA)


Objetivo
Mostrar que, a uma certa temperatura, os materiais mudam de estado.

Contexto

    A troca de calor entre materiais, ou seja, propagação de energia térmica, pode causar mudanças nos materiais que trocam energia. 
    As principais mudanças que podem ocorrer num material devido à variações de sua energia térmica são: variação da temperatura, variação de volume e mudança de estado físico.
    Todos os materiais são formados por moléculas (menor parte da matéria que conserva as característica de uma substância), sendo que a maioria dos materiais que encontramos na natureza são formados pela mistura de diferentes substâncias. 
    O efeito do aumento de energia térmica num material é o aumento da velocidade com que as moléculas se movem (vibram) no material. 
    O aumento de temperatura se dá por que a temperatura que sentimos é um indicativo da energia cinética com que as moléculas estão vibrando, ou seja, o quão rápido as moléculas estão se movimentando. 
    O estado físico de um material, sólido, líquido ou gasoso, é devido à interação elétrica existente entre as moléculas das substâncias de que é formado o material. Com o aumento da energia térmica das moléculas, ou seja, com o aumento da intensidade com que vibram as moléculas, chega-se a uma certa temperatura onde a intensidade da vibração é suficiente para superar a interação molecular existente. 
    Então ocorre a mudança de estado.
     As moléculas de um sólido vibram em torno de uma posição fixa; na mudança para o estado líquido as moléculas deixam de ter esta posição fixa de vibração, e com isso podem se deslocar de um lugar para outro.
     Na mudança do estado líquido para o gasoso, as moléculas deixam de ter interações entre si e passam a se movimentar para qualquer direção, se movendo pelo ambiente todo em que estiver o gás. 
    A diminuição da quantidade de energia térmica simplesmente faz com que os mesmos fenômenos aconteçam, só que em ordem contrária.

Idéia do experimento

A idéia é usar parafina e provocar mudanças de estado: de sólido para líquido, de líquido para sólido e de líquido para gasoso. 
Primeiramente aquece-se um pedaço parafina, que é sólido, até que ocorra a mudança para o seu estado líquido. 
Depois deixa-se o líquido esfriar até que ele volte a ser sólido. Posteriormente aquece-se a parafina sólida até que haja a sua mudança para o estado líquido e, em seguida, gasoso.
Tabela do material
 
Item Observações
Uma velapara aquecer e retirar parafina 
Caixa de palitos de fósforopara acender a vela
Uma colher sopapara colocar a parafina
Um estiletepara retirar da vela a parafina a ser derretida
Montagem
  • Retire com o estilete cerca de três milímetros cúbicos de parafina do lado da vela.
  • Coloque na colher a parafina que foi retirada.
  • Acenda a vela e a fixe em algum lugar.
  • Segure a colher logo acima da chama da vela.
  • Espere a parafina derreter.
  • Retire a colher de cima da chama e espere a parafina esfriar até voltar para o seu estado sólido.
  • Volte a segurar a colher logo acima da chama da vela.
  • Espere até que a parafina se decomponha, passando para o estado gasoso.
Comentários
  • Não toque na parafina ou na parte da colher que é aquecida pela vela, pois eles estarão muito quentes.
  • No experimento não foi feito a passagem do estado gasoso para o líquido, pois a parafina é um derivado do petróleo formado de várias substâncias diferentes e na mudança para o estado gasoso as diferentes substâncias se separam. Portanto, o que realmente ocorre é uma decomposição da parafina em seus diferentes componentes. Logo, concluí-se que na mudança de estado da parafina para a forma gasosa é impossível reverter o processo, assim como foi feito quando a parafina mudou do estado sólido para o líquido.
  • Na passagem do estado líquido para o sólido, para tornar o processo mais rápido pode-se encostar a colher num material bom condutor de calor, como o piso da sala, uma pia de pedra ou aço, etc.
  • Ficarão resíduos na colher após a decomposição da parafina. Para limpar a colher, use esponja de aço (bombril).
Esquema de montagem 
 
 



Projeto Experimentos de Física com Materiais do Dia-a-Dia - UNESP/Bauru
TMO/FCL http://www2.fc.unesp.br/experimentosdefisica/ 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AGRADEÇO SUA VISITA.
VOLTE SEMPRE.