Welcome To My Blogger
O Blogger "Somos Físicos" aborda assuntos diversos relacionados a Ciência, Cultura e lazer.Todas as postagens são pesquisas coletadas na internet. OUTUBRO ROSA

Welcome To My Blogger

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

TÚMULOS - ARQUEOLOGIA

O TÚMULO DE JESUS(SUPOSIÇÃO)
A foto acima é da tradicional entrada do túmulo de Jesus em Jerusalém. 
Embora o lugar seja apontado pela Igreja Católica e outras igrejas cristãs como sendo o lugar certo, a verdade é que não há certeza absoluta de que Jesus foi sepultado aqui mesmo.

TÚMULO DE MARIA-JERUSALÉM

TÚMULO DE HERODES
O arqueólogo, Ehud Netzer, da Universidade Hebraica de Jerusalém, disse que o túmulo está numa colina chamada Herodium, ao sul da cidade, no Deserto da Judéia.
Ele vinha procurando o túmulo desde 1972.
Yaako Kalman, um arqueólogo que participou das escavações, disse à BBC que vários fragmentos do sarcófago estava espalhados pelo local.
Ele disse que a equipe se convenceu de que se tratava da tumba de Herodes pela descrição deixada pelo historiador judeu do século 1 
A tumba estava protegida por uma muralha dupla construída sobre uma colina artificial

 Abraão, Isaque e Jacó
Em Hebrom, uma das quatro cidades sagradas para os judeus, localiza-se a Gruta de Macpela, onde está o túmulo de três dos maiores patriarcas da história bíblica: Abraão, Isaque e Jacó, com suas respectivas esposas. 
O TÚMULO DE RAQUEL, ESPOSA DE JACÓ - 1880

O TÚMULO DE JOSÉ - PALESTINA 1865

O TÚMULO DE JOSUÉ- PALESTINA

TÚMULO DO PROFETA ZACARIAS
Arqueólogos israelenses apresentaram  as ruínas de uma basílica da época bizantina descoberta recentemente, em um local onde poderia estar o túmulo do profeta bíblico Zacarias, em Hirbet Madras-Israel

O TÚMULO DE AARAO, IRMÃO DE MOISÉS
O TÚMULO DO APÓSTOLO JOÃO- ÉFESO
Segundo uma antiga tradição, Éfeso foi o local para onde se retirou o Apóstolo João até o final de sua vida. De fato, analisando o ambiente cultural do qual emerge o quarto Evangelho, é possível muitas semelhanças com o contexto em que viviam os efésios do primeiro século.
O TÚMULO DO APÓSTOLO TIAGO- ESPANHA
túmulo do apóstolo Tiago.jpg
O túmulo do apóstolo Tiago.jpg
Urna com os restos mortais do Apóstolo.
O Caminho de Santiago de Compostela é uma rota secular de peregrinação religiosa, que se estende por toda a Península Ibérica até a cidade de Santiago de Compostela, localizada no extremo Oeste da Espanha, onde se encontra o túmulo do apóstolo Tiago.

Tiago foi um pescador que vivia às margens do lago Tiberíades; filho de Zebedeo e Salomé, e irmão de João O Evangelista. Segundo a tradição, após a dispersão dos apóstolos pelo mundo, Tiago foi pregar o evangelho na província romana da Galícia, extremo oeste espanhol. De volta a Jerusalém, o apóstolo foi perseguido, preso e decapitado a mando de Herodes no ano 44. Seus restos foram lançados para fora das muralhas da cidade. Os discípulos Teodoro e Atanásio recolheram seu corpo e levaram-no de volta para o Ocidente, aportando na costa espanhola, na cidade de Iria Flavia.

O corpo do apóstolo foi sepultado secretamente num bosque chamado Libredón. Assim, o local permaneceu oculto durante oito séculos. Certa noite, o ermitão Pelayo observou um fenômeno que ocorria neste bosque: uma chuva de estrelas se derramava sobre um mesmo ponto do Libredón, proporcionando uma luminosidade intensa. Tomando conhecimento das ocorrências, o bispo de Iria Flavia, Teodomiro, ordenou que fossem feitas escavações no local. Assim, no dia 25 de Julho de (provavelmente) 813, foi encontrada uma arca de mármore com os restos do apóstolo Tiago Maior.

A notícia se espalhou rapidamente, e o local passou a ser visitado por andarilhos de toda a Europa a fim de conhecer o sepulcro do Santo. A quantidade de peregrinos aumentava intensamente a cada ano. Nobres e camponeses dirigiam-se em caravanas, caminhando ou cavalgando em busca de bênçãos, cura para as enfermidades, cumprir promessas ou apenas aventuravam-se em terras distantes.

O rei Afonso II ordenou que no local da descoberta fosse erigida uma capela em honra a São Tiago, proclamando-o guardião e padroeiro de todo o seu reino. Em pouco tempo, uma cidade foi erguida em torno daquele bosque, e denominada Compostela. A origem etimológica do nome remete ao latim: Campus Stellae, ou Campo das Estrelas, e assim a junção final: Compostela.

No ano de 899, Afonso III construiu uma basílica sobre o rústico templo erguido por seu antecessor. Porém, oitos anos mais tarde, a basílica foi saqueada pelo árabe Almanzor, que respeitosamente, preservou as relíquias do apóstolo. Em 1075, iniciou-se a construção da atual catedral, cinco vezes maior que a anterior.
O TÚMULO DO APÓSTOLO PEDRO- ROMA
Os arqueólogos descobriam um túmulo cristão sob a Basílica Vaticana, em meio a túmulos pagãos. Esse túmulo cristão tinha acesso por uma via que devia ser muito frequentada. 
Foram encontradas junto a esse túmulo numerosas inscrições a carvão (graffiti), fazendo menção ao Apóstolo Pedro.
 Encontraram ossos de um indivíduo de 60 a 70 anos, que é muito provavelmente de Pedro. Quando Pedro morreu, no ano 67, os cristãos ainda não tinham cemitérios próprios, e por isso o enterraram em um cemitério pagão. 
Foi o imperador romano Constantino, filho de Santa Helena, que convertido ao Cristianismo, construiu a primeira antiga Basílica de S. Pedro, no século IV. 
É importante notar que ele podia ter escolhido, ao lado do local onde a Basílica foi construída, um terreno mais adequado, plano e grande: o chamado “Circo de Nero”. 
Ao contrário, mandou edificar a Basílica sobre um terreno fortemente inclinado e já ocupado por um cemitério, que era um local respeitado pelos romanos. 
Se Constantino preferiu o local acidentado e "desrespeitou" o cemitério, construindo sobre ele a Basílica, é porque deve ter tido uma razão forte, exatamente a presença do túmulo de Pedro ali.

O TÚMULO DO APÓSTOLO PAULO- ROMA
No início do século IV, o imperador Constantino ordenou escavações nos lugares da cella memoriae e foi sobre esse túmulo, situado na via Ostiense, aproximadamente 2 km fora dos muros aurelianos que cercam Roma, que mandou erguer uma Basílica, consagrada pelo papa Silvestre em 324.

O TÚMULO DE DAVI
O túmulo de um dos personagens mais importantes da Bíblia, Davi, fica em Jerusalém, no Monte Sião, sob o edifício do Cenáculo, onde aconteceu a última ceia com Jesus e os apóstolos. Muito se questiona a presença da tumba do famoso rei no local, pois a Bíblia alega que ele foi sepultado na cidade de Davi, o que pode sugerir que tenha sido em outra localidade incerta. Alguns estudiosos defendem que é na Cidadela de Davi, próxima do Cenáculo, já que lá também foram sepultados outros reis.


2 comentários:

  1. Olá, muito legal essa reunião de fotos e comentário aqui, mas a referência sobre Raquel está errada, ela era esposa de Jacó, e ela era mãe de José do Egito.

    ResponderExcluir

AGRADEÇO SUA VISITA.
VOLTE SEMPRE.