Welcome To My Blogger
O Blogger "Somos Físicos" aborda assuntos diversos relacionados a Ciência, Cultura e lazer.Todas as postagens são pesquisas coletadas na internet. OUTUBRO ROSA

Welcome To My Blogger

terça-feira, 17 de janeiro de 2012

A MALDIÇÃO DE TUTANKAMON

Tutankamon, também conhecido como o “Faraó Menino”, nasceu em 1346 a.C e morreu, aos 19 anos de idade, em 1327 a.C. Foi faraó do Egito Antigo entre os anos de 1336 e 1327 a.C. 
Era filho do faraó Akhenaton. 
Ainda existem muitas dúvidas sobre a vida de Tutankamon. Foi o último faraó da 18ª dinastia. Durante seu curto período de governo, levou a capital do Egito para Memphis e retomou o politeísmo, que havia sido abandonado pelo pai Akhenaton.  
Sabe-se que morreu de forma traumática ainda na adolescência. 
Alguns pesquisadores acreditam que ele tenha sido vítima de uma conspiração na corte e, possivelmente, tenha sido assassinado com um golpe na cabeça. 
Esta hipótese é sustentava, pois o crânio da múmia do faraó apresenta uma perfuração.
Porém, estudos mais recentes e avançados (inclusive de DNA) efetuados na múmia do faraó menino revelaram que a causa mais provável de sua morte tenha sido a malária. Estes estudos mostraram também que Tutankamon era portador de uma doença conhecida como Köhler-Freiberg, que provoca inflamação em cartilagens e ossos dos pés. Um dos pés da múmia do faráo apresenta necrose, provavelmente causada pela má circulação sanguínea provocada pela doença. Logo, essa conjugação de doenças pode ter levado o faraó a morte.


TESOUROS DE TUTANKAMON
A importância atribuída para este faraó está relacionada ao fato de sua tumba, situada no Vale dos Reis, ter sido encontrada intacta. Nela, o arqueólogo inglês Howard Carter encontrou, em 1922, uma grande quantidade de tesouros. O corpo mumificado de Tutankamon também estava na tumba, dentro de um sarcófago, coberto com uma máscara mortuária de ouro. O caixão onde estava a múmia do faraó também é de ouro maciço.
Na tumba de Tutankamon foram encontradas mais de cinco mil peças (tesouros). Entre os objetos estavam jóias, objetos pessoais, ornamentos, vasos, esculturas, armas, etc.







A MALDIÇÃO DE TUTANKAMON
Durante a escavação da tumba de Tutankamon, alguns trabalhadores da equipe morreram de forma inesperada. Criou-se então a lenda da Maldição do Faraó. 
Na parede da pirâmide foi encontrada uma inscrição que dizia que morreria aquele que perturbasse o sono eterno do faraó.
 Porém, verificou-se depois que algumas pessoas haviam morrido após ter respirado fungos mortais que estavam concentrados dentro da pirâmide.
Após desdobrirem o túmulo de Tutankhamon, , quando saíram do túmulo abateu-se sobre eles uma enorme tempestade de areia como que isso fosse um sinal para o que viria a seguir. Passados 5 meses da expedição, Lord Carnarvon era agora um homem de 57 anos. 
NUm dia, foi picado no rosto por um mosquito. Conforme os dias iam passando,  ele ia ficando cada vez pior. Apanhou uma septicemia (infecção generalizada) e para piorar ainda mais a sua situação apanhou uma pneumonia.
 Morreu no hotel do Cairo, local onde se encontrava, e na mesma hora que ele morreu todas as luzes da cidade se apagaram como que por magia.
Nos meses que se seguiram, isto já no ano de 1923, outras pessoas que também faziam parte da expedição de Lord Carnarvon e que também elas entraram no túmulo, também essas pessoas morreram de forma estranha. 

Um dos investigadores da expedição , George Jay  Gould, morreu de pneumonia, onde apanhou a doença quando entrou no túmulo.

 Richard Berthell que catalugou  os tesouros encontrados ali, pôs fim á sua vida, suicidando-se aos 49 anos.  

Já em 1930, Lord Westbury , onde no seu quarto tinha um vaso, um dos tesouros encontrados no túmulo, também ele morreu atirando-se do seu prédio em Londres.

Até ao ano de 1939, altura em que Howard Carter morreu de causas naturais, mais uma quantidade de pessoas relacionadas com a expedição também elas morreram de forma estranha, sendo que morriam com doenças para o qual os médicos não tinham cura e nada podiam fazer ou então morriam de acidente. 

Há quem diga que no caso das mortes derivado a doenças, isso poderia ser devido á existência de um fungo proveniente do interior do túmulo. Bem como outra das teorias é que os egípcios antes de fechar o túmulo de Tutankhamon, contaminaram-na com venenos que só eles conheciam.

 Pelo que se conhece a última vítima da Maldição de Tutankhamon foi o director de antiguidades, Mohammed Ibraham. Pela data de 1966, Mohammed  Ibraham autorizou que as peças encontradas no túmulo de Tutankhamon fossem transferidas para uma exposição que se encontrava em Paris. Depois de ter dado aquela ordem, foi o seu último suspiro, porque mal saiu, foi atropelado e morreu algumas horas depois no hospital.













10 comentários:

  1. Aurea marisa Pistori29 de dezembro de 2012 11:21

    Muito interessante,sempre fui facinado por este faraó...

    ResponderExcluir
  2. Muito legal , isso que dá mecher com os mortos..

    ResponderExcluir
  3. Muito interessante. Fugindo do tema Maldição, fiquei impressionada com a máscara mortuária. Parece muito com meu namorado. Ele é negro com características física dessa face. Amei

    ResponderExcluir
  4. A máscara mortuária tem características físicas do meu namorado, que é negro. Adorei.

    ResponderExcluir
  5. Nossa, que interessante!!!

    ResponderExcluir

AGRADEÇO SUA VISITA.
VOLTE SEMPRE.