Welcome To My Blogger
O Blogger "Somos Físicos" aborda assuntos diversos relacionados a Ciência, Cultura e lazer.Todas as postagens são pesquisas coletadas na internet.

Welcome To My Blogger

terça-feira, 17 de janeiro de 2012

UMA CIDADE SUBMERSA NO JAPÃO

Desde 1995, mergulhadores e cientistas japoneses estudam uma das mais importantes descobertas arqueológicas do planeta, misteriosamente ignorada pela imprensa ocidental.

Localizada a alguns quilômetros da ilha de Yonaguni, estão os restos submersos de uma cidade muito antiga. Os estudos geológicos calcularam a idade destes monumentos como tendo 11.000 anos de idade, o que os colocaria como uma das edificações mais antigas do planeta.

Ao longo de mais de uma década de explorações, mergulhadores já haviam localizado nada menos do que oito grandes estruturas feitas pelo homem, incluindo um enorme platô com mais de 200m de comprimento, uma pirâmide no mesmo estilo das aztecas e maias (constituídas de 5 andares e alinhadas de acordo com pontos cardeais), bem como um conjunto completo de zigurates, demarcando áreas e regiões específicas no platô.
Uma estrutura que se pensa ser a construção mais velha do mundo, com quase duas vezes a idade das grandes pirâmides do Egito, foi recentemente descoberta. A formação retangular de pedras abaixo do mar na costa do Japão poderia ser a primeira evidência de uma desconhecida civilização anterior a Idade da Pedra, dizem os arqueólogos. O monumento tem 600 pés de largura e 90 pés de altura e foi datado com pelo menos 8.000 a.C.

Equipe do dr. Masaaki Kimura, da Universidade de Ryûkyû, exploram o sítio arqueológico submarino. Escadarias, rampas, terraços, entalhes na rocha e outros indícios da “mão humana”, como ferramentas. Yonaguni pode ser o mais antigo conjunto arquitetônico da história.

 A formação retangular de pedras abaixo do mar na costa do Japão poderia ser a primeira evidência de uma desconhecida civilização anterior a Idade da Pedra, dizem os arqueólogos. O monumento tem 600 pés de largura e 90 pés de altura e foi datado com pelo menos 8.000 a.C.
A pirâmide mais velha no Egito, a Pirâmide de Saqqara, foi construìda há mais de 5.000 anos. A estrutura fora de Yonaguni, uma pequena ilha ao sudoeste de Okinawa, foi descoberto há 10 anos quando os primeiros 75 pés foram descobertos sob a água por mergulhadores de Scuba. Os locais acreditaram que era um fenômeno natural. O professor Masaki Kimura, geólogo da Universidade de Ryukyu em Okinawa, foi o primeiro cientista a investigar o local e concluiu que a misteriosa estrutura de cinco camadas era artificial. " O objeto não foi fabricado pela natureza, se fosse o caso, eu esperaria encontrar escombros de erosão ao redor do local, mas não há nenhuma pedra fragmentada lá ". A descoberta do que parece ser uma estrada que cerca o edifício foi a evidência adicional de que a estrutura foi feita por humanos. Robert Schoch, professor de geologia na Universidade de Boston, mergulhou no local no mês passado. " Isto é basicamente uma série de camadas enormes, cada um com aproximadamente um metro de altura. Essencialmente, é uma face de precipício como o lado de uma pirâmide. É possível que a erosão natural da água combinada com o processo de pedras rachando e se dividindo possam criar uma estrutura desse tipo, mas eu não vejo como tal processo possa ter criado uma estrutura tão bem formada". Kimura disse que era muito cedo para saber quem construiu o monumento ou seu propósito. " A estrutura poderia ser um santuário religioso antigo, possivelmente, celebrando uma divindade antiga que se assemelha ao deus Nirai-Kanaique os locais dizem que trazia a felicidade às pessoas de Okinawa no além mar. Esta poderia ser a evidência de uma nova cultura, mas lá não existe nenhum registro de pessoas suficientemente inteligentes para ter construído tal monumento a pelo menos 10.000 anos atrás.
Teruaki Ishii, professor de geologia em Universidade de Tóquio, disse que as estruturas datam de pelo menos 8000 a.C. quando a terra onde esta construção foi realizada teria submergido ao término da última idade de gelo. Os primeiros sinais de civilização no Japão datam do período Neolítico ao redor de 9000 a.C. As pessoas viveram neste momento como caçadoras. Não há nada no registro arqueológico que sugira a presença de uma cultura avançada o bastante para ter construído uma estrutura como esta. Jim Mower, um arqueologo da Universidade de Londres, disse: " Se for confirmado que o local é tão velho quanto 10.000 anos e é artificial, então isto vai mudar terrivelmente o que pensamos sobre a história do sudeste da Ásia."
fonte

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AGRADEÇO SUA VISITA.
VOLTE SEMPRE.